Workshop Telepático LifeNet de Julho: O AMOR VENCE

Workshop Telepático LifeNet de Julho: O AMOR VENCE

Sábado, dia 23 de Julho de 2022, às 09.00 horas, e

Quarta-feira, dia 27 de Julho, às 20.00 horas.

• Trabalhamos alinhados com o Sol, comece na hora indicada de acordo com o seu horário local.

• Se necessário, leia as diretrizes para Oficinas Telepáticas publicadas nesses dois sites.

• Certifique-se de ter o plano do workshop impresso com você ou tê-lo em mãos no computador ou telefone para que você possa seguir o cronograma.

Sintonização do Grupo

1. Esteja ciente de que, como grupo, estamos espalhados pelo mundo inteiro. Mova suas antenas sutis e sinta a presença dos membros do grupo.

2. Formamos um círculo e convidamos ancestrais e descendentes da raça humana a se juntarem ao círculo. Esteja ciente de como você se sente quando eles estão conosco no mesmo círculo.

3. Agora convidamos os seres elementares e arquetípicos dos reinos terrestres a se juntarem a nós. Esteja ciente de como você se sente quando eles estão conosco no mesmo círculo.

4. Agora todos juntos entoamos (por favor, crie sons!) – cantamos vogais para sintonizar uns com os outros e com um espaço e um nível de tempo comum.

SEQUÊNCIA 1: O caminho em direção à nova Esfera de Amor da Terra precisa estar livre

Gaia começou a revelar uma nova Esfera de Amor multidimensional que liga todos os seres do universo terrestre, permitindo-nos viver em paz enquanto nos alegramos com relações de amor para com a natureza e os seus seres. No entanto, antes de podermos verdadeiramente experimentar a Esfera de Amor, temos de transformar alguns obstáculos para permitir que o Amor atue e abençoe.

1.         Imagine que todos os cinco continentes contribuem com os seus poderes para criar uma enorme esfera de água que envolve toda a Terra. Esta esfera está preenchida de águas da transformação e renovação.

2.         Esta esfera por sua vez está envolta por várias camadas de membranas que os seres distorcidos devem atravessar antes de poderem banhar-se na esfera da transformação, para que possam preparar-se para a sua renovação.

3.         Primeiro precisamos transformar a ideia de que existe um único centro do coração da Terra e um único centro humano chamado “chakra do coração”. Em vez disso, falaremos de um sistema cardíaco que cubra toda a Terra ou que esteja distribuído por todo o nosso corpo.

4.         Além disso, devemos também transformar a ideia de que o amor está exclusivamente relacionado com a atividade psíquica e sexual humana – e exclui seres da natureza, mundos elementais, etc.

5.         Finalmente, precisamos guiar o processo de transformação em direção às loucuras que escondem o sistema cardíaco multidimensional da consciência humana – incluindo o processo de transformação para aqueles seres elementais distorcidos que são forçados a manter esta loucura.

6.         Expresse a sua gratidão.

SEQUÊNCIA 2: Vivenciar a Esfera de Amor na paisagem

Marko convida-os a visitar Ljubljana, a capital da Eslovénia, para vivenciar alguns aspectos da Esfera de Amor de Gaia, tal como se manifesta na relação entre o Monte do Castelo de Ljubljana e o rio Ljubljanica que corre junto ao Monte do Castelo.

Primeiro visitaremos uma colina situada perto do castelo que as culturas antigas conheciam e utilizavam como local de contato com os seus antepassados. No âmbito da nova Esfera do Amor, o objetivo deste sítio é permitir contatos amorosos entre as almas humanas que vivem em outros mundos e aquelas que vivem em corpos físicos. Esteja aberto para sentir como estes lugares dos antepassados se transformaram.

1.         Imagine estar sentado dentro de uma bolha de luz pronta para viajar para o Monte do Castelo de Liubliana. Olhe à sua volta e perceba que outros participantes da LifeNet também estão se preparando para viajar da mesma forma como você.

2.         Agora as bolhas de luz com todos os participantes aproximam-se do monte do castelo a partir do sul. Do norte, se aproximam do monte as bolhas de luz com almas, vindo de mundos espirituais.

3.         Tome bastante tempo para sentir este momento emocionante antes que ambos os grupos se encontrem dentro do monte.

4.         À medida que as bolhas de luz chegam ao interior do monte, as bolhas individuais transformam-se numa única esfera de luz que engloba tudo. Sinta como esta esfera de luz que a todos envolve é ampla. Ela é um presente do amor de Gaia.

5.         Agora é o momento de encontrar e cumprimentar os amigos, colaboradores e antepassados que partiram. Sinta e fortaleça os laços de amor que vos ligam.

SEQUÊNCIA 3: Tocar a fonte do novo sistema do coração (Esfera de Amor) da Terra:

1.         Prepare-se para caminhar sobre o Monte do Castelo em direção ao leste – o Monte do Castelo de Ljubljana é uma colina alongada com três platôs.

2.         Ao chegar ao segundo platô, você percebe que há ali um elevador que lhe leva três andares para baixo no monte.

3.         No seu corpo imagine que dá três passos para trás. Sinta como é quando se encontra três passos atrás do centro do seu coração.

4.         Percebe-se agora que está dentro de uma câmara sagrada, uma espécie de templo. Sinta o espaço da câmara e perceba as suas qualidades.

5.         Agora focalize-se no centro da câmara aonde se encontra uma pedra preciosa. Toque e acaricie a pedra com as suas mãos de amor.

6.         Este pedaço de pedra etérica surgiu durante a colisão de Gaia com outro corpo celestial num passado distante, quando a Terra existia como um corpo de luz. Esta colisão pode ser chamada de “casamento sagrado”. “

7.         As pedras preciosas que tocou são filhos deste casamento sagrado. Posicionadas em diferentes lugares sagrados da Terra, elas geram permanentemente a Esfera de Amor (Filosfera) da Terra. (Philein em grego antigo significa “amar”).

SEQUÊNCIA 4: Vivencie a qualidade que faz do amor o poder mais forte do universo

Continuando em direção ao leste, chegamos ao terceiro platô do Monte do Castelo de Ljubljana. Situa-se na extremidade do monte, com declives íngremes.

1.         Siga o caminho em ziguezague pela encosta do monte até chegar em baixo.

2.         Você chega a uma árvore gigante que está segurando uma porta aberta para entrarmos no interior do monte. Entre no salão no interior do Monte.

3.         Seja corajoso quando avistar um dragão que se aproxima. Permita que o dragão o engula para que agora você exista dentro do dragão. Como se sente estar rodeado e imbuído da vibração do dragão (que representa os poderes criativos primordiais de Gaia)?

4.         Agora tome consciência como dentro do espaço da sua cabeça, o sistema do Terceiro Olho começa a vibrar. Tal como o corpo de uma cobra, as vibrações ligam o centro entre as sobrancelhas com o centro no meio do cérebro e o centro na parte de trás do crânio.

5.         No interior do terceiro platô do Monte do Castelo de Liubliana, a cobra cósmica do Terceiro Olho dança com a presença esférica do dragão. Como é que esta dança dos dois poderes primordiais de Gaia se sente dentro de si?

6.         É esta dança que permite que a existência da Esfera de Amor da Terra seja possível. 

SEQUÊNCIA 5: Processos de Amor na paisagem

Quando chegarmos ao pé do Monte do Castelo, dirigimos a nossa atenção para o rio Ljubljanica. As suas águas circundam o Monte do Castelo a partir de dois lados. Esteja ciente de que o Ljubljanica é um rio especial – suas águas desaparecem no subsolo seis vezes e depois vem novamente à superfície com outro nome.

1.         Identifique-se com o rio que se aproxima lentamente do Monte do Castelo da cidade. Como é que o Monte do Castelo reage ao rio que se aproxima?

2.         Agora identifique-se com o Monte do Castelo como agora o conhece, depois de experimentar os seus três platôs. Olhe e sinta como o rio que se aproxima reage à presença do Monte.

3.         Mergulhe na sua interação para experimentar como a Esfera de Amor da paisagem surge em cada momento.

SEQUÊNCIA 6: Sinta o potencial de Amor do rio Ljubljanica

Sente-se durante algum tempo no caminho ao longo do rio que está ladeado por uma fila de salgueiros. Este local se chama “Trnovski pristan” (Porto de Trnovo).

1.         Para experimentar o potencial amoroso do rio é preciso ligar as suas águas às árvores ao longo do rio, à percepção do rio com os espaços subterrâneos, aos seres elementais do rio – e depois ligar tudo isto com a sua própria presença e atenção.

2.         Repita dentro de você por várias vezes a tecelagem destes elementos para entrar na Esfera de Amor (Filosfera) do rio. Alegre-se com ela e banhe-se nela.

3.         Saiba que sem a sua presença atenta, sentado à beira do rio, o campo de amor do rio não está completo.

CONCLUSÃO

Vamos todos os participantes do workshop, incluindo os que vêm dos reinos invisíveis, reunir-nos num círculo que atravessa os continentes.

Voltem-se uns para os outros expressando amor uns pelos outros e gratidão pelo presente da nossa co-criação.

Subscribe
Notify of
guest
11 Comments
Inline Feedbacks
View all comments
Lars Petersson

I have been doing the excercises over and over, feeling the love sphere, the precoius stone behind my heart, feeling the playfulness between the dragon and the snake ancient powers and weaving the landscapes elements together as one unifying love connection, mountains, stones, rivers, oceans, trees, forests, air. Gaias body, beatiful skin, all around feeling, getting the love, the power, the strenght, the New love, multidimensionality, gathering everyone.
For me, these excercises needs time to evolve within me, let it be weeks, months, I go back to summer solstice, spring equionx, even the winter solstice and pick excercises that resonates with me, working with them over and over til They live their life within me. The most important is that Gaia and all her inhabitants as well as the cosmos gets the New multidimensionality of love.
Looking forward New exciting excercises for Gaia, with this group and all Gaias elementals

Oliver

Thank you for sharing! Love.

Christel Meissner

Erst heute morgen habe ich die Synthese von den beiden Werkstatt-Tagen in mir gespürt, und zwar:
Ich sitze am Fuß des Berges mit den Füssen der Trauerweiden im Fluß des Lebens und spüre die Qualität der Drachen- und Schlangenkraft, den Stein des Weisen, den Philosopher Stone, in meinem Herzen, auf ewig “umspült” und erneuert. Losgelöst von allen Beschreibungen und Attributen erfahre ich das Einssein mit der Ewigkeit, bin tief berührt und dankbar!
Was für ein Prozess… Danke, lieber Marko und Mitwirkende für diese immense “Arbeit”!
Christel

Maarja Joost Thorsén

When doing the transforming exercise to liberate the heart system for us to become aware of the universal love, I went through very clearly the steps given in the exercise. In the end Earth appeared as a giant heart throbbing, emanating golden, warm love for us, in us and in the whole universal system. So beautiful!
Before doing this meditation of Love, I had a very similar experience as in Castle Hill. It was on the sandbank system just outside Tallinn, Estonia. I did daily walks on these banks. I could feel the connection clearly between the sea, the forest on the banks and the rest of the landscape. Even in the air. There were “holy” stones along the path, which I put my hands on for a while. I could feel the energy flowing between us. The trees around joined us in the act. All through these walks, I was lead by my intuition, which I lovingly give thanks to.
When swallowed by the dragon, my whole body started to react. Forces inside made me breathe strongly. I remember these forces when giving birth to my children. This moment gave me another “boost” of love energy, making me remember who we are and the belonging to nature and its forces. The importance with interaction with all the elements, if not physically, so in your mind.
Love to you all and especially to Marko and his team for helping us to reconnect with earth and universe. Your weekly meditations and exercises are also wonderful tools to become more aware of who we are and what forces can be to our help in realizing the purpose of our lives.

Vidar Vetterfalk

Thank you. The birds were with us in all the steps. Lots of warm regards and appreciation. Vidar

Maria

Danke,Marko,mein Herz beginnt staunend “zu verstehen”…..ich bin so froh!

Jackie Queally

Thank you for this complex imagination sequence that was also well explained. In Sequence 1 I realised that this is something I have very recently experienced in my work as a Biofield Tuner. The idea of a heart chakra that spreads throughout our body is important for the new love.
From the very start when we toned I continued to do so and noted how it changed from sequence to sequence and felt sacred.
In Sequence 2 I found the build up gradual. I had not realised we were supposed to be inside the mound.

In Sequence 3 I found it easier to imagine the steps. Stepping backwards from my heart centre there arose an image of very smooth beautiful greyish colour rock that seemed to line the temple The stone at the centre was dark green flecked with gold. It was pleasant to stroke it.

In Sequence 4 I started to perceive more how humans bridge the cosmos with the earth. I see how it is necessary for us to play our part in creating the love sphere of the Earth by connecting firmly with the dragon energies, and allowing our brain to become the new earth.

In Sequence 5 I felt the river and the Castel hill react to each other. It i shard tofind the words as the emotions were not human. Also it is now evening when I am writing it so the experience is not so immediate- but there was something akin to a vibration as in Sequence 4 – an adjustment.
In Sequence 6 our interconnection expands our consciousness – I too live close to a river that disappears underground many times, as our geology in the Burren in Ireland is similar to the Slovenian area you write of. So I will go and repeat the section by our river to see how it feels.

Once again, thank you for creating this to share. New love to all.

Leslie Luchonok

Thomas, so wonderfully expressed – thank you!

Thomas Miller

Thank you, Marko!
To me, the new heart system gave me a sensation that my whole field was more present, and interacting with the whole subtle ecology around me. I had an impression of humans living in a more whole way, and being consistently and clearly aware of Gaia’s other realms, in a way that felt very normal. Wonderful, but normal, as if everyone knew that this was just reality.
I also felt increasing awareness of my… dependence, I will say, on the inflowing life of Gaia, of the elemental presences in all the things around me, in the fields of presence and energy that many beings are holding all the time. I was more aware of this as an active process, and more aware of myself interacting with these living fields. I felt life as a dynamic interaction. I realized that the quality of my awareness was shaping this interaction.
I experienced the love that pervaded everything as (in part) an awareness and acknowledgement of the conscious dimensions. perhaps I’d say that love seemed like living more consciously in the awareness of the conscious dimensions of Gaia, and how my identity arises from my always-changing relationship with those dimensions. Life as relating, rather than something more static. The interactions of the third eye with the dragon, the river with the hill and me with the other participants and departing souls had this same quality of conscious relating. Being aware of the new possibilities that arise from our relating. Love arises here and generates newness. My impression was that this generation was the greatest power: creation of newness!
Those were my impressions. I hope it was helpful to share them. Thank you and blessings on this work!

Thomas Miller

Thank you Marko! I tried posting a longer thing, but it wouldn’t let me. I’ll aim to send an email instead.

Irène Dhôte

What a wonderful travel. Vielen Dank Marco, all people, all invisible beings !
Ich môcht nur da weilen !!!! Irène

11
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x